Leve no Barco

theboat

 

Sobe nesse barco e vamos navegar, vamos assistir aos pássaros e arrastar as mãos na superfície da água calma e gelada, deitar ao sol e repirar fundo o aroma da brisa, cansar de rir dos peixes passando entre nossos pés, vamos esperar que o sol se ponha e tentar ouvir o barulho que faz ao encostar no horizonte. Leva contigo teus medos e aflições, iremos despejá-los nas águas e absorver apenas a paz que ela nos trás.

Sobe nesse barco e vamos em direção ao infinito, deixa que o tempo navega por nós.

Anúncios

Chorando a Despedida

couple_blog_17012013

Será tarde demais para mudar as atitudes?
Nada é resolvido quando chega ao final, mas pense se não posso novamente te fazer feliz, ouça meu grito desesperado, o grito rouco e tão abafado. A dúvida e a ansiedade pelo teu sim me consomem.
Tento dizer-te de formas diferentes o quanto me importo, quero mudar por ti, deixe-me ser quem sempre quisestes que eu fosse, não é possível que não reste um pouco daquele amor.
Olha nos meus olhos e diz que tudo terminou, dá ênfase para teu adeus, torna nossa história uma página virada, quero ver não sentir falta! Sei que vais..
Meus olhos alagados traduzem minha dor, não quero perder-te, mas se não estás feliz, quem sou eu para impedi-lo de ir?
Vá, mas por favor não volte, não me faça sofrer mais uma vez, não pergunte-me como estou, não queira me ver, não cante vitória e por nada, por favor, jamais diga que sente minha falta pois tua falta será eterna.
Se precisamos seguir cada um seu caminho, que sejam diferentes, distintos e longe um do outro.

Que Ainda sou Capaz

Tanto tempo procurando pelas palavras certas, a forma mais sensata de dizer o que sinto.. Porém, sentimento como o meu não se define em sílabas montadas, nem na agradável melodia que dá vida a letra musical. Ele simplesmente existe.
O amadurecimento dos meus pensametos reflete em minhas atitudes e é comum que o constrangimento me domine por não encontrar a maneira perfeita de me expressar.
Mesmo com doses cavalares de Rivotril, ainda me debato na cama procurando por ti, com o peito vazio, onde deveria teu rosto estar escorado, fazendo-me sentir o doce aroma que exala dos teus cabelos enquanto os acaricio.
Mais difícil que enfrentar o medo é admitir a estranha sensação que uma vez apenas senti. Não sou capaz de evitar, cansei dessa batalha entre mente e coração, deixei que ele vencesse, provando que ainda sou capaz de amar.
Tornei-me mais paciente, mais preocupada, mais certa dos meus objetivos e quero tornar-te meu, não por possessão, mas pela segurança de querer-te ao meu lado. Mesmo tentando, como poderia evitar que acontecesse? Teu jeito, teu olhar e teu sorriso hipnotizam, tornam-me vulnerável.
E do modo mais simples possível, com toda minha impulsividade, trouxe a tona tudo que queria dizer-te. Inesperado momento onde uma onda de informações nos assusta e nos torna frágeis. O que me resta é te segurar em meus braços te fazendo sentir o tremor do meu corpo quente, tornando eterno o momento para tornar-te eterno em mim.

Vivendo o Momento

Um dia após o outro, um encontro ocasional, uma noite num bar..

Pessoas ao redor aprovando ou não. Os amigos em comum, os novos conhecidos,
duas vidas se misturando.
As diferenças são muitas, e há melhor momento para se conhecerem?
A cada noite, uma nova experiência.
Talvez sejam diferentes demais e é exatamente um completando o outro que faz dar certo.
Estima-se demais, exige-se demais de casais. Deixa estar, deixa que vivam o momento.
Mais um drink, mais um encontro entre risadas e olhares. Mais uma vez uma noite agradável.
O peito que aperta ao vê-lo distante, não há definição de sentimentos. Saudade encaminhada, um boato nos ouvidos.
Com os braços envoltos no corpo do outro, respira profudamente enquanto dorme. Franze a testa ao mudar de posição, é a mesma pessoa que está aprendendo a admirar, mas sem armaduras. Aquele momento é apenas de ambos.
A cada hora que passam juntos, maior o encanto. Mais uma noite, por favor.
Precisam conhecer-se mais, querer-se mais. Mais que ontem. Outro dia surpreendente.
Provocam-se com palavras, gostam de estar próximos, gostam de estar juntos.
As tardes apressam acontecimentos, as noites perduram, madrugada adentro as conversas variam, gráficos de humor.
O desejo de um novo encontro torna um lado ansioso, o outro deseja com cautela.

Deixa estar, deixa que vivam o agora.

Posso tu-do!

Posso ser madura se tu quiseres, posso ser ser infantil, ser engraçada ou séria no momento que preferir. Posso parecer idiota ou até mesmo ser idiota, posso fingir me importar com os outros e posso deixar de me importar. Posso cantar tuas músicas favoritas e as que não souber, posso aprender. Posso correr atrás de ti, mas não posso te deixar, isso não! Posso saltar do lugar mais alto, posso rastejar e também escalar montanhas. Posso escrever uma carta ou um bilhetinho. Posso fazer o jantar, o almoço ou apenas um lanche pra hora do intervalo. Posso ficar muda ao teu lado querendo dizer milhares de coisas e posso também falar sem parar sem saber o que estou dizendo. Posso não dormir pra te cuidar a noite toda ou dormir agarrada em ti e posso ainda acordar cedo somente pra ser teu despertador.
Posso comer coisas que não gosto só pra te acompanhar. Posso viajar pro Egito ou ficar em casa, se estiver ao teu lado, não tem importância de pra onde vou ou onde vou ficar. Posso arder de ciúmes e quase explodir, ou posso arder de ciúmes e fingir não sentir nada, uma coisa é certa: sempre vou arder de ciúmes. Posso pintar o cabelo da cor que tu preferir, mudar o corte, pintar as unhas e até usar salto, ficar linda somente pra ti. Posso usar carro, ônibus ou moto, qualquer tipo de condução pra ir ao teu encontro. Posso ser teu filme favorito, o livro que tu mais gostas de ler, a fotografia mais bonita e a escultura mais enigmática. Posso ser o abraço mais seguro, o beijo mais intenso e o sorriso mais alegre, o suspiro mais sincero, a lembrança mais terna e a saudade mais dolorosa. Posso ser tudo que quiseres desde que me digas. Conte-me tuas necessidades e revela-me teus segredos, assim, perfeita serei. Apenas pra ti.