Correndo a Favor do Tempo

Relógio

Corro o tempo todo, alucinada com deveres e elaborando irritantes estratégias, vivendo na pressão que  faço a mim mesma, torturando-me com regras inexistentes.

O que há de ser feito senão acalmar minha alma e pedir inconscientemente que meus pensamentos descansem? Entretanto, se dormir, o tempo será perdido, as tarefas agendadas adiadas, o caos, a confusão ao perder o controle.

Mantenho nos trilhos a vida à minha maneira, com agenda debaixo do braço e o celular no bolso. Meço palavras e conto os degraus da escada, acordo a tempo de organizar as ideias antes do dia começar.

Essa pressão cotidiana regada a energético e café ainda pode me fazer mal e descarrego então a energia sobre a bicicleta, mas o relógio está no pulso. E o relógio apressa o pedalar.

Aula, trabalho, trabalhos de aula e apresendizado profissional. Família, amigos, namoro, colegas, prioridades, tópicos, listas, … Tornei-me mais um fantasma da minha geração à procura de estabilidade e internamente instável.

Precisava livrar-me das algemas!

Dediquei-me à escrever, esqueci tantas regras, abandonei as preocupações e me encontrei observando a roda de capoeira, o beija-flor batendo velozmente as asas e o mundo que existe ao meu redor.

Posso tu-do!

Posso ser madura se tu quiseres, posso ser ser infantil, ser engraçada ou séria no momento que preferir. Posso parecer idiota ou até mesmo ser idiota, posso fingir me importar com os outros e posso deixar de me importar. Posso cantar tuas músicas favoritas e as que não souber, posso aprender. Posso correr atrás de ti, mas não posso te deixar, isso não! Posso saltar do lugar mais alto, posso rastejar e também escalar montanhas. Posso escrever uma carta ou um bilhetinho. Posso fazer o jantar, o almoço ou apenas um lanche pra hora do intervalo. Posso ficar muda ao teu lado querendo dizer milhares de coisas e posso também falar sem parar sem saber o que estou dizendo. Posso não dormir pra te cuidar a noite toda ou dormir agarrada em ti e posso ainda acordar cedo somente pra ser teu despertador.
Posso comer coisas que não gosto só pra te acompanhar. Posso viajar pro Egito ou ficar em casa, se estiver ao teu lado, não tem importância de pra onde vou ou onde vou ficar. Posso arder de ciúmes e quase explodir, ou posso arder de ciúmes e fingir não sentir nada, uma coisa é certa: sempre vou arder de ciúmes. Posso pintar o cabelo da cor que tu preferir, mudar o corte, pintar as unhas e até usar salto, ficar linda somente pra ti. Posso usar carro, ônibus ou moto, qualquer tipo de condução pra ir ao teu encontro. Posso ser teu filme favorito, o livro que tu mais gostas de ler, a fotografia mais bonita e a escultura mais enigmática. Posso ser o abraço mais seguro, o beijo mais intenso e o sorriso mais alegre, o suspiro mais sincero, a lembrança mais terna e a saudade mais dolorosa. Posso ser tudo que quiseres desde que me digas. Conte-me tuas necessidades e revela-me teus segredos, assim, perfeita serei. Apenas pra ti.