Opção

Por muito tempo amei sem saber amar, até sem motivos encontrar o caos que me faltava. Se as paixões que vivi foram intensas, imagine um amor tão intenso que com um tropeço foi capaz de me derrubar . E dar continuidade modificando todos os planos torna-me insensível, a falta que faz olhar-te todas as manhãs, as tardes inacabáveis, as noites inesquecíveis.. momentos marcantes tatuados em meus pensamentos, pensamentos constantes rodando como um filme. Evito fechar os olhos para que as fotografias não tornem-se cicatrizes.

Não é o coração que me falta, sinto-o tão fraco e não posso explicar este vazio, a dificuldade de respirar, a falta de apetite, a sensação de perda, a inevitável falta de esperança misturada com a maior de todas as esperas, a espera e a luta incansáveis para te ter junto à mim.

Conselhos e consolos são eficientes. Por hora. Sozinha me abalo, arrasada e arrastada para baixo pela dor da solidão. De que importa se.. já não importa mais, a exaustão também me acompanha, me faz mergulhar na escuridão. Venha me resgatar! Tornar-me perda (tornar-me pedra!), lembrança, tornar-me desespero, saudade, tornar-me passado, não! Não deixarei que isto aconteça.

Músicas machucam, o silêncio magoa, dói lutar sozinha. Estou sozinha, ninguém pode tirar-me daqui, cravo as unhas nas paredes, com ou sem forças, vou lutar, vou subir, seguir.  Mesmo com lágrimas embaçando meu olhar e com o choro travado torturando a garganta, desistir não é opção.

O Começo Perfeito

 

Estava nervosa, não era a primeira vez que pensava no assunto, não era a primeira vez que o medo consumia meu interior, sonhava com o momento há dias e tentava evitá-lo pela mesma quantidade de tempo. Teus pensamentos tão altos que podia ouví-los, teu olhar revelava exatamente o que eu queria que dissesse, mas não podia adivinhar, queria te ouvir, queria aquelas palavras adentrando meus ouvidos e fazendo palpitar meu coração e todo restante do meu corpo. Um suspiro e o início da frase que por mais simples que fosse, mudaria minha vida: “eu quero” – e essas palavras me paralisaram por instantes. O silêncio. O silêncio constrangedor e imagens voando em minha mente, sem querer encontrar, meus olhos procuravam nos teus um sinal de desistência, não havia.

Risos. Risos e mais risos e a dúvida do porquê do nervosismo, a conclusão de que somos o casal mais engraçado que possa existir.. o mais confuso também, e naquele momento, o mais perfeito de todos. A música tocando no fundo, precisamos encontrar a NOSSA música.. urgente! O primeiro beijo oficial e a sensação que foi o primeiro de muitos. Suspiro, o que todos esperavam exceto nós, aconteceu. E que bom, no fundo, era o que esperávamos também. Algo faria nossos pensamentos divagarem, mas apenas teu sorriso já me faz viajar. Não posso conter minha felicidade e quero te fazer a pessoa mais feliz do mundo e todos os dias dizer-te o quanto te amo.